Carregando...

Notícias > Nacional - Atualizado em 08/10/2018 - 09:06:18

Imprensa internacional repercute segundo turno com Bolsonaro
Redação

Imprimir está Notícia   Comentar está Notícia   Enviar está Notícia

A vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) no primeiro turno da eleição presidencial deste domingo (7) -46% contra 29% do segundo colocado, o petista Fernando Haddad- foi destaque na imprensa mundial.

Os jornais The New York Times, Financial Times e El País e a rede de televisão britânica BBC emitiram alertas em seus aplicativos em todo o mundo após a confirmação do segundo turno, por volta das 21h em Brasília.

“Os votantes deram uma vitória de primeiro turno a Jair Bolsonaro, que atordoou a política tradicional ao crescer entre uma campanha presidencial lotada apesar de seu longo histórico de declarações ofensivas sobre mulheres, negros e gays”, diz o texto do New York Times.

A eleição brasileira estava no alto do site dos quatro e de outros jornais como o britânico The Guardian e o francês Le Monde. As publicações europeias referiram-se ao deputado como um candidato de extrema-direita.

 

“Estes resultados […] oferecem ao candidato do Partido Social Liberal, saudoso declarado da ditadura militar, uma vantagem bem superior à apresentada nas pesquisas antes da eleição”, disse a publicação francesa.

O El País relembra o histórico de declarações polêmicas. “Um político autoritário, racista, machista, homofóbico. Um adorador da ditadura que colocou o Brasil em uma de suas épocas mais escuras durante 20 anos”, diz o texto.


Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a comentar está notícia!

Nome Completo:
E-mail:
Comentário: