Carregando...

Notícias > Paraná - Atualizado em 30/05/2018 - 15:13:22

“O Paraná está voltando à normalidade”, diz Cida Borghetti
Redação

Imprimir está Notícia   Comentar está Notícia   Enviar está Notícia

A governadora Cida Borghetti (PP) voltou a afirmar que no Paraná o que está prevalecendo é o diálogo. A governadora fez a afirmação durante entrevista coletiva nesta quarta feira (30), no Palácio Iguaçu, dia em que as forças policiais, bem como o Exército, estão nas rodovias para garantir a segurança dos caminhoneiros que decidiram deixar a paralisação após 10 dias do início do movimento. De acordo com o balanço apresentado pela governadora, cerca de 1600 agentes de segurança pública estão atuando em todo o Estado.

Leia também: Operação entre Exército, PM e PRF libera cerca de 200 caminhões na BR-277

“Vamos dar total apoio a esses trabalhadores que decidiram retomar suas atividades, nos baseando, sempre, na conversa com os líderes do movimento e os setores envolvidos, além de bom senso. Dessa forma, vamos promover o mais rápido possível o abastecimento em todo o Paraná”.

Nesta quarta (30), mais 399 carretas de combustível, contendo cerca de 11,9 milhões de litros, foram liberadas para abastecer parte do 2.400 postos de todo o Paraná, segundo a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil da Casa Militar. Ontem, outros 178 caminhões haviam sido liberados.

Além dos caminhões com combustível, veículos com leite, soja e derivados, verduras e legumes e outros mantimentos, também estão chegando a seus destinos. Segundo o chefe da Casa Militar, coronel Mauricio Tortato, os Ceasas de Curitiba e Cascavel, por exemplo, já começaram a receber os alimentos. Entre os dias 25 e 29 deste mês, ainda de acordo com dados da entidade, 172 cargas foram liberadas.

“Respeitamos o direito de manifestação, mas temos que garantir também o direito de ir e vir dos caminhoneiros, que está na Constituição”, afirmou Tortato.

Segundo o balanço feito pela governadora, os pontos de manifestação no Paraná também diminuíram. Hoje, há registros em apenas 169 rodovias estaduais, ante 183 registrados na terça (29). Já nas rodovias federais há 80 pontos de obstrução, contra 109 identificados ontem  (29) pelas forças de segurança pública.

Outra informação é de que os frigoríficos e armazenadoras de grãos do Paraná começaram a retomar as atividades nesta quarta. Entre eles estão todos os nove frigoríficos de frango das cooperativas agropecuárias, três de suínos, dois de peixes, cinco laticínios, além de armazenadoras de grãos. A informação foi confirmada à governadora Cida Borghetti pelo presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), José Roberto Ricken, em reunião com o G7 no Palácio Iguaçu.

SEM BLOQUEIOS

O coronel afirmou que no Paraná não houve bloqueio total de nenhuma rodovia por período muito longo. Segundo ele, até o momento aconteceram situações pontuais que foram resolvidas com a presença da polícia. Outra informação destacada é de que entre ontem e hoje foram identificadas atividades de indivíduos que não fazem parte do movimento. Eles estariam infiltrados entre os caminhoneiros e a Polícia Civil investiga a ação destas pessoas.

Tortato também relatou que, apesar de algumas resistências, a situação do Paraná, tanto na questão de abastecimento dos postos de combustíveis como no fluxo de produtos das diversas cadeias produtivas, caminha para a normalidade. “As cargas estão sendo transportadas e o fluxo de vida da população aos poucos volta ao que era antes”, disse.

Bem Paraná

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a comentar está notícia!

Nome Completo:
E-mail:
Comentário: