Carregando...

Notícias > Colunistas - Atualizado em 29/11/2010 - 09:34:39

Grandes eventos esportivos – Prós e Contras
Redação

Imprimir está Notícia   Comentar está Notícia   Enviar está Notícia

O Brasil será sede da Copa do Mundo de futebol em 2014 e a cidade do Rio de Janeiro será cidade sede das Olimpíadas de 2016, isso você já sabe, mas e os prós e contras? Vamos analisar se estes eventos que por muitos economistas é a “oportunidade do século” e por outros é vista como um grande desvio de verba pública a meios não utilizáveis para a maioria da sociedade, e pior, menos ainda pelo povo que mais precisa de atenção, os que vivem abaixo da linha de pobreza é rentável ou não para uma nação.


Garanto que se eu te perguntar em quais áreas um governo deve investir, você dirá, saúde, educação, empregos, moradia e muitos outros, mas estádios, ginásios esportivos, hotéis não estarão nas suas prioridades de investimento, mas um evento do porte dos citados acima precisa e vai ter investimentos nessas áreas, com construções de arenas esportivas o quesito empregos pode ser suprido, mas educação e saúde? Num país de dimensões do Brasil e com todas suas necessidades e prioridades, investir dinheiro público em obras que não sejam essenciais é puro descaso, para não dizer, irresponsabilidade.


Já se tem previsão que o investimento em construções e reformas de estádios para a copa superará o valor de 25 bilhões de reais, se você acredita que o país tem esse dinheiro sobrando, infelizmente, você está enganado, um país que tem déficit de escolas, hospitais, clínicas, creches, vai precisar aumentar sua arrecadação para fazer tais obras, e da onde sai este dinheiro, do nosso bolso, cada vez que o gasto público aumenta só há uma forma de o governo controlar as contas, aumentando impostos, que hoje já são absurdos 35% do PIB, então para deixar bem claro, o país precisará investir alto, não tem esse dinheiro, o que se vai construir nem você nem eu vamos utilizar, e muito pouco há população lucrará com tal evento.


Mas se este texto é sobre os prós e contras, já citamos os contras e agora vamos aos prós, o que se escuta e muito quando se cita tais investimentos em tais eventos é visibilidade e moral elevada, o que não se tateia e não se vê, como os estádios; realmente hoje os olhos do Mundo estão voltados ao Brasil, esse é o momento de mostrarmos que esse não é só o país do futebol e do samba, mas sim de um povo batalhador e acima de tudo vencedor, um povo que tem objetivos próprios e preza pelo seu bem estar e o do próximo, porque qual brasileiro ou brasileira nunca usou a frase “Sou brasileiro e não desisto nunca”?

Com certeza, eu espero, também teremos investimentos em transporte, pretende-se senão acabar ao menos diminuir os congestionamentos nas grandes cidades, melhorar o transporte público com mais linhas de ônibus, metros e trens e resolver de uma vez por todas os problemas com nossa malha aeroviária e aeroportos, a nossa policia terá que aumentar seu contingente e receber treinamento especial (resolver o problema que assola o Rio de Janeiro há muitos anos já seria um bom começo), nossa rede hoteleira deficitária e abaixo do nível esperado internacionalmente também receberá investimentos para se adequar e padronizar o atendimento e a hospedagem, nossa mão de obra, em geral, deve se especializar por tantos empreendimentos e vagas que surgirão em vários setores da economia.
 

O tema é muito amplo, poderíamos falar sobre isso por varias edições, e vamos fazer tal mais adiante, no momento acredito que os pontos principais são os expostos acima, agora cabe a você pesquisar, analisar e se posicionar, a favor ou contra tal situação, aproveito para agradecer os e-mails que recebo sobre temas a serem debatidos e as matérias já publicadas, vamos continuar juntos, pois para mudar o mundo, primeiro precisamos mudar a nós mesmos.

Um forte abraço a todos.

Tiago Stavarengo


Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a comentar está notícia!

Nome Completo:
E-mail:
Comentário: