Carregando...

Entretenimento > Famosos - Atualizado em 05/01/2021 - 16:54:23

Cinegrafista que processou Faustão, Gaúcho morre por complicações de Covid-19.
Silva JR

Imprimir está Notícia   Comentar está Notícia   Enviar está Notícia

Cinegrafista com passagens por TV Rio, TV Tupi e Globo, Ivalino Raimundo da Silva morreu aos 81 anos, após sofrer complicações em decorrência da Covid-19. O operador de câmera, apelidado de Gaúcho por ser natural do Rio Grande do Sul, ficou famoso na década de 1990, quando virou alvo de brincadeiras de Fausto Silva durante o Domingão do Faustão. As piadas fizeram com que o profissional entrasse com um processo contra emissora e apresentador.

Gaúcho sofria da doença de Parkinson há 24 anos. Na véspera de Natal, ele foi internado no Hospital Geral do Ingá, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, após apresentar problemas pulmonares. Morreu quatro dias depois, em 28 de dezembro, depois de duas paradas cardíacas.

A informação foi confirmada por Ruth Gomes Pereira, viúva do cinegrafista, para a revista Quem nesta segunda-feira (4). "A grande dúvida é sobre como ele pegou Covid. Porque seguíamos todos os protocolos, o uso de máscara, álcool gel, isolamento... Ele foi para o hospital porque apresentou um problema no pulmão. Lá, o primeiro teste deu negativo, já o segundo positivou. Aí o problema pulmonar se agravou", explicou ela.


Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a comentar está notícia!

Nome Completo:
E-mail:
Comentário: