Carregando...

Esportes > Futebol - Atualizado em 01/04/2020 - 10:02:50

“A CBF pediu que os estaduais terminem”, revela presidente do Operário
Silva JR

Imprimir está Notícia   Comentar está Notícia   Enviar está Notícia

Com a indefinição sobre o retorno do calendário do futebol brasileiro, alguns clubes defendem o término dos estaduais para que o Campeonato Brasileiro não seja prejudicado. Porém, de acordo com o presidente do Operário, Álvaro Góes, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pediu que os estaduais sejam finalizados após a pandemia do novo coronavírus.

Independente do futuro do Paranaense, o Operário quer que a decisão seja tomada em conjunto com os outros classificados para as quartas de final. “Se a gente sentar os oito times e todo mundo aceitar, eu sou favorável [ao final do Paranaense]. Tem time que pode sair prejudicado como o Londrina e o Paraná. O Operário não vai contra ninguém”, disse o mandatário

“O mais prejudicado em tudo isso é o Paraná, que está em oitavo, tem a chance de subir se vencer o Coritiba e chegar entre os quatro primeiros. Tanto ele, quanto o Londrina serão prejudicados. Tem que chegar a um consenso e sou favorável a sentir e discutir. Eu sou favorável a que termine o estadual”, acrescentou o presidente.

 

Em relação à Série B do Campeonato Brasileiro, Álvaro Góes não acredita em uma mudança de fórmula. “Acredito que seja muito difícil que a CBF faça isso. Talvez ela prorrogue pouco mais o campeonato, os jogos podem ser feitos no meio da semana para que o calendário seja completado. Os presidentes da Série B são muito unidos e tudo que decidido foi reivindicação dos clubes da Série B. Nós vamos decidir pelo que for melhor”, comentou.


Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a comentar está notícia!

Nome Completo:
E-mail:
Comentário: